EFDeportes.com

Facebook Twitter Google +

Deportes

02.07.2019
España
ESP |

Setores de destaque feminino: uma questão de gênero

Em termos de remuneração e atenção, não é ainda incomum que se notem bastantes diferenças entre homens e mulheres no desporto
Nas mulheres correndo quebraram com preconceitos e foram capazes de igualar aos atletas masculinos. Foto: Sasin Tipchai, Pixabay
As questões de gênero têm vindo a ser cada vez mais faladas ao redor do globo. As preocupações feministas levantaram a capa do preconceito e fizeram com que se começassem a vislumbrar as diferenças nas experiências laborais femininas e masculinas.
Com a denúncia dos perigos dos estereótipos e do seu contributo para a criação de uma desigualdade social assente em princípios preconceituosos e binários, a busca por soluções que privilegiassem uma maior equidade começou a ser feita.
O caminho das mulheres no mundo do trabalho e nos vários setores que o integram - incluindo o desporto, a arte e a saúde – está longe de ter chegado à meta da igualdade. Ainda assim, a verdade é que, hoje em dia, assistimos ao sucesso feminino em várias áreas da vida.
Ainda longe de conseguirmos afastar as questões de gênero e embora não se possa dizer, ainda, que a equidade é uma realidade quotidiana, vale a pena olhar para alguns dos setores nos quais as mulheres se têm destacado ao longo dos últimos anos.
 
A literatura e as mulheres
Se, há alguns séculos, a maioria dos autores eram homens, realidade que decorria de um forte preconceito quanto à capacidade das mulheres para escrever e também à menor escolaridade deste gênero; a verdade é que hoje procuramos, até, os melhores livros escritos por mulheres.
Muitos dos livros publicados nos últimos anos contam, de fato, com a mão feminina, sendo que alguns deles aproveitam, até, a arte da escrita para denunciar as diferenças de gênero e continuar a luta pela equidade.
Histórias reais, ficção e até trabalhos científicos chegam nestes livros escritos por mulheres e que são de leitura obrigatória.
 
A saúde e as mulheres
Não foi há muitos anos que as mulheres passaram a ter acesso aos vários escalões de trabalho dentro da área da saúde. Embora as Guerras Mundiais tenham criado espaço para o aparecimento das enfermeiras e os cuidados de parteira ou doula tenham historicamente o dedo feminino; a entrada efetiva das mulheres noutro tipo de trabalho, como a medicina, a farmacêutica ou a cirurgia, é historicamente recente.
Hoje, as mulheres adotam cada vez mais o seu lugar no mercado de trabalho, tornando-se médicas e farmacêuticas e têm, por isso, um papel mais importante do que nunca nos contextos de prescrição de tratamentos, aplicação de medicamentos e outros contextos de clínica geral e especializada.
Esta entrada das mulheres no setor da saúde ajudou a equilibrar a equidade, nomeadamente no que diz respeito às remunerações.
 
O desporto e as mulheres
Visto como uma prática masculina, o desporto acabou por se tornar outro setor que aceita mulheres e no qual, desde então, estas já provaram o seu valor.
Em termos de remuneração e atenção, não é ainda incomum que se notem bastantes diferenças entre homens e mulheres no desporto. Ainda assim, em termos de performance, é cada vez mais visível o impacto do feminino neste meio.
À medida que os resultados tornam inegável a sua presença no setor desportivo, também os salários das desportistas começa a combater o preconceito e a igualar a dos atletas masculinos.
As questões de gênero têm vindo a ser cada vez mais faladas ao redor do globo. As preocupações feministas levantaram a capa do preconceito e fizeram com que se começassem a vislumbrar as diferenças nas experiências laborais femininas e masculinas.
Com a denúncia dos perigos dos estereótipos e do seu contributo para a criação de uma desigualdade social assente em princípios preconceituosos e binários, a busca por soluções que privilegiassem uma maior equidade começou a ser feita.
O caminho das mulheres no mundo do trabalho e nos vários setores que o integram - incluindo o desporto, a arte e a saúde – está longe de ter chegado à meta da igualdade. Ainda assim, a verdade é que, hoje em dia, assistimos ao sucesso feminino em várias áreas da vida.
Ainda longe de conseguirmos afastar as questões de gênero e embora não se possa dizer, ainda, que a equidade é uma realidade quotidiana, vale a pena olhar para alguns dos setores nos quais as mulheres se têm destacado ao longo dos últimos anos.
 
A literatura e as mulheres
Se, há alguns séculos, a maioria dos autores eram homens, realidade que decorria de um forte preconceito quanto à capacidade das mulheres para escrever e também à menor escolaridade deste gênero; a verdade é que hoje procuramos, até, os melhores livros escritos por mulheres.
Muitos dos livros publicados nos últimos anos contam, de fato, com a mão feminina, sendo que alguns deles aproveitam, até, a arte da escrita para denunciar as diferenças de gênero e continuar a luta pela equidade.
Histórias reais, ficção e até trabalhos científicos chegam nestes livros escritos por mulheres e que são de leitura obrigatória.
 
A saúde e as mulheres
Não foi há muitos anos que as mulheres passaram a ter acesso aos vários escalões de trabalho dentro da área da saúde. Embora as Guerras Mundiais tenham criado espaço para o aparecimento das enfermeiras e os cuidados de parteira ou doula tenham historicamente o dedo feminino; a entrada efetiva das mulheres noutro tipo de trabalho, como a medicina, a farmacêutica ou a cirurgia, é historicamente recente.
Hoje, as mulheres adotam cada vez mais o seu lugar no mercado de trabalho, tornando-se médicas e farmacêuticas e têm, por isso, um papel mais importante do que nunca nos contextos de prescrição de tratamentos, aplicação de medicamentos e outros contextos de clínica geral e especializada.
Esta entrada das mulheres no setor da saúde ajudou a equilibrar a equidade, nomeadamente no que diz respeito às remunerações.
 
O desporto e as mulheres
Visto como uma prática masculina, o desporto acabou por se tornar outro setor que aceita mulheres e no qual, desde então, estas já provaram o seu valor.
Em termos de remuneração e atenção, não é ainda incomum que se notem bastantes diferenças entre homens e mulheres no desporto. Ainda assim, em termos de performance, é cada vez mais visível o impacto do feminino neste meio.
À medida que os resultados tornam inegável a sua presença no setor desportivo, também os salários das desportistas começa a combater o preconceito e a igualar a dos atletas masculinos.
 
Mía Pizarro
VER NOTA COMPLETA INICIO
LEER MÁS
EFDeportes.com