EFDeportes.com

Facebook Twitter Google +

Estudios Sociales

27.10.2015
Brazil
POR |

Oca da Sabedoria

Lideranças dos diversos povos presentes aos Jogos tem se reunido na “Oca da Sabedoria” para compartilhar a situação de suas comunidades e articular alianças
Lideranças Kuna (Panamá), Xukuru Kariri (Alagoas, Brasil), Terena (Mato Grosso do Sul, Brasil), Guarani, Xavante (Mato Grosso, Brasil) na sessão Saúde da Mulher Indígena e Juventude Indígena, no segundo dia do Fórum Social Indígena. 25.10.2015. Foto: Rafael Pacheco
Pablo Kuna (Panamá) fala sobre a história de resistência de seu povo e o papel dos JMPI no processo de resgate de práticas tradicionais pelos jovens kuna. 25.10.2015. Foto: Rafael Pacheco

Qual o legado dos JMPI para os povos indígenas? Qual o seu papel nas lutas em curso, no Brasil e em outras partes do mundo?

Com estas preocupações, lideranças dos diversos povos presentes aos Jogos tem se reunido na “Oca da Sabedoria” para compartilhar a situação de suas comunidades e articular alianças e fortalecer estratégias políticas de enfrentamento conjunto às violações de seus direitos e sua autonomia.

Ao lado dos jogos e celebrações, temos sua face política: soberania alimentar, saúde da mulher, água e meio ambiente, políticas para juventude, o reconhecimento dos conhecimentos tradicionais e as lutas pela garantia pelos seus territórios são alguns dos temas que inspiram as reflexões no Fórum Social Indígena, e fazem da Aldeia Global palco de denúncia e inspiração de formas de resistência.

 

Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas sobre futebol e Modalidades Lúdicas – LUDENS – USP

Flávio de Campos
Marco Bettine
Regina Claro
Catherine Krulik
Alice Matsumoto
Aline Pizzol
Aluã Oliveira
Caio Lotufo
Isabela Amatucci
Rafael Pacheco
VER NOTA COMPLETA INICIO
LEER MÁS
El Webstudio